Plataformas de Cursos Online: Que tipos existem?

Cada vez mais falo com empreendedoras que querem ter cursos online. E com essa vontade vem o medo da tecnologia: e agora? Eu quero disponibilizar um curso, mas COMO é que faço isso? E ONDE?

Como escolher uma plataforma de cursos

Nunca deves escolher uma plataforma de cursos (ou nada, na verdade), só porque o vizinho do lado ou o Guru XPTO te diz que é bom. Todas as ferramentas do teu negócio devem estar inseridas num planeamento tecnológico que vá ao encontro daquilo que é a tua visão de negócio.

Eu defendo sempre que tudo no nosso negócio deve estar inserido na nossa visão de vida, e uma plataforma de cursos não é excepção. Então, para além de precisares de saber exatamente qual o ponto onde queres chegar (ponto B), precisas também de saber qual o teu ponto de partida (ponto A). Só então podes identificar os passos que precisas de executar para caminhar do ponto A ao ponto B.

Na Masterclass Gratuita “Como Simplificar e Otimizar a Tecnologia do teu Negócio Digital para Teres Mais Tempo e Servires Mais Clientes” eu mostro-te como podes criar o plano estratégico tecnológico para o teu negócio. Acede ao link para teres acesso imediato.

Com esse plano, vais poder identificar exatamente que ferramentas precisas, e quais estão alinhadas com aquilo que é a tua visão de negócio! Por exemplo: se não gostas de explorar ferramentas tecnológicas, não vais escolher uma que seja tecnicamente mais complexa! Só te vai criar stress desnecessariamente. Ou se estás a usar determinada ferramenta de Email Marketing e a plataforma de cursos não se consegue facilmente ligar a essa ferramenta, vais criar ainda mais trabalho no teu dia-a-dia (e não é esse o objetivo pois não?)

3 formas de disponibilizar os teus cursos online

Site Próprio

É quando tens o teu site, instalas uma funcionalidade extra de cursos ou memberships, e vendes e disponibilizas os cursos a partir do teu site.

É a opção mais versátil, porque tens total controlo sobre os cursos, sobre os alunos, sobre os valores, não pagas comissões extra por cada venda (para além das habituais dos sistemas de pagamento).

Mas é também a opção que te vai dar mais trabalho e manutenção técnica. Não é para ti se não estiveres à vontade com a tecnologia, nem tiveres alguém que te ajude nisso.

Plataforma de Cursos Online

Existem Dezenas! E para escolheres é fundamental teres bem presente quais são os requisitos de que vais necessitar, para não caíres no erro de estar a pagar por algo que tem muita coisa que nunca vais sequer considerar usar.

Permite maior facilidade na disponibilização dos cursos, assim como ferramentas extra para os alunos (como Apps de visualização dos conteúdos por ex.)

É a opção habitualmente mais cara, e tem de ser ponderada dentro duma óptica de estratégia tecnológica para o teu negócio.

Como exemplos, entre muitos outros, temos o Kajabi,New Zenler, Podia, Kartra, Teachable, Thinkific, Systeme.IO

Marketplace de Cursos Online

É um local onde colocas os teus cursos, e a própria plataforma se encarrega de os vender. Permite maior visibilidade do teu curso a potenciais alunos, assim como maior exposição da tua marca a um público maior.

Por outro lado, não tens total liberdade sobre os teus conteúdos, nem sobre o valor pelo qual o curso é comercializado. Estas plataformas têm muitas vezes regras específicas que dizem que não podes ter o mesmo curso à venda noutro local, e que se reserva ao direito de fazer as promoções que entender.

Alguns exemplos de Marketplaces de Cursos: Udemy, Udacity, Domestika, Skillshare, AppSumo

Conclusão

Existem também plataformas que são híbridas, uma mistura de duas destas, como o Hotmart, que para além de ser uma plataforma de cursos (ou produtos digitais) online, também permite teres os teus cursos numa área que chama de “Hotmart Marketplace”. Este Marketplace não funciona da mesma forma que os referidos atrás, pois a plataforma não muda os valores dos cursos em venda. 

No entanto, a Hotmart tem também nos seus termos de serviço a cláusula de não poderes ter o curso à venda noutros locais. É sempre importante ler bem todos os termos de serviço, para além de todas as funcionalidades e preços

Tinhas ideia de que haviam estas formas todas de disponibilizares o teu curso? Tens dúvidas? Partilha comigo nos comentários 👇

4 pensamentos acerca de “Plataformas de Cursos Online: Que tipos existem?”

  1. Gostei muito!! Já conheço e já “investiguei” algumas das plataformas que referes no artigo mas tocaste em alguns pontos importantes que eu desconhecia totalmente! A questão de não ter controlo no preço ou estar proibida de vender noutros locais não tinha sido explorada… talvez porque ainda não tinha pensado nisso. Mas agora penso! Obrigada pela informação tão clara e objetiva!

    1. Olá Raquel 🙂 Pois às vezes não nos apercebemos das consequências das decisões que estamos a tomar, e é isso mesmo que eu estou a tentar fazer: ajudar a tomar decisões informadas! Pode até nem ser um issue para ti esse “pormenor”, mas para outra pessoa pode ser! Obrigada pelo teu comentário!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Insere o Teu Email para Reservares o Teu Lugar Grátis Agora:

ODEIO spam. O teu email está 100% seguro