o que escrever no site Tech With a Pointy Hat Ana Sofia Santana

5 perguntas que deves responder para saber o que é importante escrever no teu site

Já tiveste aquele momento em que te sentas ao teclado de um computador para escrever as páginas de um site e…. nada…. tudo branco… o cursor a piscar e nada te sai? Passadas umas horas, a única coisa que consegues pensar é que não foste feita para isto… sabes lá o que vais escrever num site! Afinal de contas, não és escritora, nem tens nenhuma vontade especial em escrever texto.

Já perdi a conta às vezes que me senti assim, se fosse somar cada um destes momentos, já seriam um belo número de horas a olhar para uma página em branco com um cursor a piscar!

Sophia de Mello Breyner

Mas não tem de ser assim! A escrita trabalha-se, e treina-se. Seguindo alguns passos simples podemos não nos tornar numa Sophia de Mello Breyner, mas seguramente que conseguimos escrever conteúdo de qualidade para os nossos sites!

Um site não sobrevive sem conteúdo, sem palavras que cheguem ao seu público alvo, e, principalmente, sem uma voz coerente que faça chegar a mensagem de forma clara.

E o primeiro passo, é definir que estrutura um site vai ter. A forma de definir essa estrutura, é decidir que páginas vão ter que ser escritas, para que o conteúdo seja relevante, e atinja os seus objetivos! É confuso? Fica comigo!

o que escrever no site Tech With a Pointy Hat Ana Sofia Santana

O que colocar no site?

Um site vive das suas páginas, portanto aquilo que temos que pensar, antes de começar a escrever, é definir que páginas vamos ter que escrever. Mas antes de começar a fazer uma lista de páginas, devemos responder a algumas perguntas. Estas irão definir que conteúdo, que páginas vamos ter que escrever.

  • Quem sou eu?
  • O que penso?
  • O que tenho para oferecer?
  • Como entrar em contacto?
  • Onde começar?

As respostas a cada uma destas perguntas irão mostrar de forma clara quais são as páginas importantes para o teu caso específico, e podes até a começar a ter algumas ideias para o texto em cada uma!

Aqui o que eu faço é começar a criar um documento no Google Docs (ou no programa de processamento de texto que uses), para cada uma das páginas que for encontrando neste brainstorming. Se me for lembrando também de alguma ideia geral a escrever anoto logo no texto da página. Nesta fase não vamos escrever nada em concreto, apenas definir que páginas vamos ter no site, e qual a ideia principal para cada uma.

Quem sou eu?

A resposta a esta pergunta é a tipica página “Quem Somos?” ou “Quem Sou”, ou “Sobre a <marca xpto>”, ou algo do género. Aqui vamos um pouco mais a fundo sobre a história de origem da marca, e de que forma a mesma está ao serviço do seu público.

Podemos mostrar mais ou menos da nossa personalidade como pessoas, se essa informação tiver relevância para o produto ou serviço que estamos a querer trabalhar.

Se o site refletir uma marca com mais do que uma pessoa, todas devem estar retratadas nesta página, e cada pessoa deve trazer o seu cunho pessoal para a sua apresentação. Pessoas ligam-se a pessoa, e não com robots ou marcas impessoais, e é isso que podemos e devemos trabalhar nesta secção.

O que penso?

Uma ligação eficaz com quem nos lê nunca está completa sem haver um reconhecimento na pessoa por trás do site. Esse reconhecimento consegue-se fazendo transparecer através das nossas palavras o que pensamos, de que forma vemos o mundo, e o que temos para dizer! 

Quando falamos num site, esta pergunta responde-se, para além dos vários textos do site, através da missão e da visão da marca. Estes podem estar explicitamente escritos (por exemplo na seção “Quem sou eu?”), mas também podem não estar assim tão óbvios, sendo demonstrados ao longo de todo o conteúdo do site.

Outro dos veículos para mostrar o que pensamos como marca, é através de um blog, podcast ou canal de youtube, que podemos incorporar como parte integrante do site.

O que tenho para oferecer?

Aqui estamos a falar dos serviços e/ou produtos que temos disponíveis para o nosso cliente ideal comprar. Para responder a esta questão, podemos ter um ou vários dos pontos abaixo:

  • Uma ou várias páginas de serviços, dependendo da quantidade de serviços e do texto que queremos escrever para cada um deles;
  • Uma loja, se estivermos a falar em produtos (físicos ou digitais);
  • Uma galeria ou portfólio onde mostramos trabalhos já feitos;
  • Testemunhos de clientes actuais ou passados.

Como entrar em contacto?

Tem de haver uma forma dos visitantes do site entrarem em contacto com a pessoa ou pessoas que estão por trás do site! 

Nesta secção podemos ter uma página de contactos, com as informações de contacto relevantes. Pode ter embebido um mapa da localização, se a pessoa se puder deslocar a uma morada, e um formulário que possa ser preenchido para envio de pedido de informações.

Onde Começar?

Podemos responder a esta questão no início do nosso plano de escrita, no entanto eu acredito que é mais simples se pensarmos nela no final de todas as outras. Estou a falar da página inicial, da página onde os visitantes do site vão parar quando escrevem o endereço no browser.

Esta página deve estar preparada para ser o ponto de início da navegação de um visitante no site, e deve mostrar, de forma inequívoca, qual o objetivo do site, a personalidade da marca, e um call to action evidente. Pode também ter algumas páginas destacadas, e alguns artigos de blog, se for caso disso.

Como vês, a página inicial pode ser um pequeno resumo das várias secções de um site, e por essa razão defendo que deve ser a última página que devemos pensar!

Conclusão

O primeiro passo para escrever conteúdo relevante, é saber o que vamos ter que escrever. Passar algum tempo nesta fase, definir muito bem aquilo que vamos querer apresentar no site, e de que forma o vamos fazer, é fundamental para que o site tenha lógica. Também vai permitir uma maior conexão com os seus visitantes, pois vai transparecer todo o cuidado que foi tomado na construção dos seus conteúdos. Como vês, não é difícil saber o que escrever no site!

Então, de que estás à espera? Pega num papel e numa caneta, e começa a delinear as várias páginas que vais ter que escrever para o teu site! Sem pensar ainda no que vais lá escrever dentro… Só definir as páginas, e de que forma elas se vão organizar no teu site! (et voilà! ficaste com o teu sitemap definido! Fantástico, não?)

Estou curiosa sobre que páginas vais definir para o teu site! Segue os passos que demonstrei acima, e diz-me nos comentários que páginas escolheste escrever!

Ana Sofia, Aspirante a Escritora

Um website de sucesso não se consegue com planeamentos “em cima do joelho”. São muitas peças que têm que ser montadas, em que a parte visual é apenas uma (e não é a mais importante).

Nesta checklist mostro-te quais os elementos em que tens que pensar, ainda antes de pensar na tecnologia e no design to teu site, e que vão definir o sucesso do teu site, e do teu negócio!

Recebe esta checklist website sem stress, updates, ofertas e informações relevantes. Respeitamos a tua privacidade.

3 pensamentos acerca de “5 perguntas que deves responder para saber o que é importante escrever no teu site”

  1. Pingback: Tema WordPress: O que é e como escolher? ⋆ Tech With a Pointy Hat

  2. Pingback: 12 Dicas para Criar um Site de Sucesso: Parte 1 ⋆ Tech With a Pointy Hat

  3. Pingback: Começar pelo fim é o fim do teu projecto... então como escolher imagens para o Website?

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Insere o Teu Email para Reservares o Teu Lugar Grátis Agora:

ODEIO spam. O teu email está 100% seguro