Como definir a missão de uma marca holística mulher a segurar um diário com a palavra Mission escrito. Ana Sofia Santana Tech With a Pointy Hat

Como definir a missão de uma marca holística

Uma das maiores dificuldades que tenho encontrado entre os terapeutas, quando pensam em construir um site, é colocar em palavras qual é a sua missão, como marca. Neste artigo quero mostrar-te, de uma forma simples, como definir a missão de uma marca holística.

Porque devemos criar uma missão de uma marca

Criar uma missão tem dois objectivos:

  1. O primeiro é dar-nos a nós uma razão para nos levantarmos todos os dias e trabalhar neste projecto. Não tenhas dúvidas que, por mais entusiasmo que tenhas neste momento, vão haver dias difíceis. Vão haver dias em que não te apetece fazer nada, ou pior que isso, vão haver dias em que apetece-te mandar tudo para o galheiro! Uma missão bem trabalhada vai-te dar essa razão, quando tudo o resto pode parecer estar a falhar.
  2. O segundo é conseguires arranjar palavras para que a comunicação com o teu público alvo seja o mais assertiva possível. Conseguires comunicar eficazmente a tua missão com as pessoas que te seguem é vital! Afinal de contas, as pessoas querem-se conectar com outras pessoas, e não com marcas impessoais! E como consegues isso? Tendo uma missão bem trabalhada e alinhada com aquilo que é a tua visão de vida (e de marca).

Os passos para criar uma missão

Como referi acima, colocar em palavras aquilo que pode ser a missão de uma marca pode ser complicado para um terapeuta. Esta dificuldade prende-se com a ideia de que, um terapeuta holístico que quer construir uma marca para divulgar o seu trabalho, tem de ser altruísta e a sua missão única deverá ser o serviço aos outros. 

Enquanto isso pode ser verdade, há também várias outras razões que levam a alguém querer fazer este tipo de trabalho, e ainda mais divulgá-lo e apresentá-lo ao mundo!

Conseguires colocar essas razões de forma estruturada numa declaração de missão é importante para ti, e para quem te segue!

Encontrar o teu “Porquê”

Antes de começares a explicar qual é a tua missão, tens de saber muito bem qual é o teu “porquê”. O que é que te motiva? O que faz os outros importarem-se com aquilo que tu fazes?

Quando estamos a falar em conteúdo para estar online, devemos mostrar a nossa personalidade e a forma como pensamos, mas o foco da comunicação não deve estar em ti, mas sim nas pessoas que te encontram online! Por isso deves explicar-lhes, de forma simples e direta, porque é que elas devem parar o seu scroll diário de conteúdos online e parar para ler o teu.

Antes de continuares, visualiza a TED Talk do Simon Sinek sobre “Como os grandes líderes inspiram à acção” para te inspirares para os passos seguintes.

Agora, desafio-te a pegar no teu journal, uma chávena de chá quentinho, e num ambiente calmo e sem limite de tempo, responderes às seguintes questões.

Para cada pergunta, eu peço-te que sejas brutalmente honesta. Este é um trabalho interno, que não tens de partilhar com ninguém. Depois de responder a cada questão, pergunta novamente porquê. E continua a perguntar porquê, e a responder, até que não tenhas mesmo mais nada para dizer… E quando achares que não tens mais nada para dizer… pergunta só mais uma vês porquê.

O cavar cada vez mais nas várias camadas da nossa personalidade irá permitir que cheguemos mesmo ao cerne da questão, à origem no mais profundo da nossa alma!

Então, as perguntas são:

  • Porque estou a fazer isto?
  • Qual é a razão principal?
  • Qual a razão porque me levanto todos os dias, para continuar este projecto?

“As pessoas não compram aquilo que tu fazes, mas a razão por que o fazes. O objetivo não é fazer negócios com quem precisa daquilo que tu vendes, mas com quem acredita naquilo em que tu acreditas.” – Filipa Maia

Agora, escreve o teu Porquê.

Escrever a missão de negócio

Como definir a missão de uma marca holística mulher a segurar um diário com a palavra Mission escrito. Ana Sofia Santana Tech With a Pointy Hat

Depois do trabalho atrás feito, escreve uma frase (no máximo duas) que descreva de forma simples e clara, a tua Missão de negócio.

  • De que forma queres que o teu projecto mude a vida das pessoas com quem trabalhas? 

Dou-te o exemplo da minha:

Ajudo empreendedoras holísticas a criar ou a melhorar a sua presença online, ajudando-as a ultrapassar quaisquer dificuldades tecnológicas que tenham, e desta forma poderem alcançar mais pessoas e elevar a vibração energética do mundo inteiro

Conclusão

Embora criar uma missão possa ser visto como algo tão simples como escrever só uma ou duas frases que soam bem, na verdade é bem mais profundo do que isso. Uma missão é algo que não muda muito ao longo do tempo. A forma dessa missão ser aplicada, ou as ferramentas utilizadas, é que pode ir mudando, mas a sua base habitualmente mantém-se durante bastante tempo. É também a razão que te faz levantar da cama todos os dias e quereres trabalhar no teu projecto, com a mesma vontade que tinhas inicialmente.

O primeiro passo para um projecto de sucesso é teres a tua visão bem presente no teu coração!

Criei uma meditação que te vai ajudar a chegar à tua visão para os próximos 10 anos. Nesta meditação irás ter acesso ao teu subconsciente, ao teu coração (a sede da tua Alma), e vais conseguir ver, sentir ou imaginar a tua visão de vida, aquela que te vai permitir estar em equilíbrio em todas as áreas da Roda da Vida! No final terás a visão da vida que Tu Mereces, e que Realmente Desejas!

Recebe esta meditação de criação de visão, updates, ofertas e informações relevantes. Respeitamos a tua privacidade.

2 pensamentos acerca de “Como definir a missão de uma marca holística”

  1. Pingback: Estar ao serviço - O que é isto para ti? ⋆ Tech With a Pointy Hat

  2. Pingback: Planeamento Trimestral para uma vida mais alinhada ⋆ Tech With a Pointy Hat

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.