tabuleiro de xadrez artigo Análise de Concorrência Ana Sofia Santana Tech With a Pointy Hat

Análise de concorrência: A maneira mais rápida de validares o teu negócio, e criares um banco de ideias ao mesmo tempo!

Aconselho sempre quem trabalha comigo a passar algum tempo a pesquisar os sites da sua concorrência. Embora possa parecer estranho à primeira vista, os objetivos são muito claros, e extremamente importantes para a sustentabilidade do teu negócio.

Também acontece frequentemente, quando aconselho as pessoas que estão a construir um site a observarem a sua concorrência, a observar os sites da sua concorrência, por vezes ser recebida com estranheza.

Haver concorrência é um bom sinal

Quando falamos em concorrência, a primeira coisa que devemos saber é que ter concorrência é muito bom! O que é que eu quero dizer com isto? O facto de haverem outras pessoas que estão a vender o mesmo tipo de produtos ou serviços que tu tens disponível, vem validar a tua ideia! Quer dizer que existem pessoas interessadas naquele tipo de produtos ou serviços senão não tinhas essa concorrência, correto? 

Se não tiveres concorrentes vai ser mais difícil validar a tua ideia. Vais ter que fazer estudos de mercado, ou outro tipo de estudos mais profundos para tentar perceber se a tua ideia pode ou não ter pernas para andar. Não invalida que não os faças ainda assim, pois é importante regularmente conhecermos o nosso público através deste tipo de ferramentas, no entanto não para validares a tua ideia de negócio!

Porque devemos observar sites da concorrência

Ao fazeres a tua pesquisa, observa com atenção os sites dos teus potenciais concorrentes. Nesses sites vai haver uma série de informação importante que podes logo à partida retirar:

  • Observar o que se faz no teu nicho de mercado e ver como podes fazer mais, e/ou melhor;
  • Observar o que não se faz e que poderias tu fazer e dar maior valor à tua audiência;
  • Ter mais ideias para conteúdos e ofertas a criar;
  • Observar o que achas que funciona, e o que não funciona tão bem nos seus sites.

Observa o que já se está a fazer

Ao veres o que é que se está a fazer no teu nicho de mercado, podes ter ideias que complementam aquilo que já está a ser oferecido por outras pessoas. 

Isto é, imagina que encontras um serviço que está a colmatar uma parte de um problema que tu identificaste. Se tu tiveres outro serviço que complementa esse primeiro serviço que outros concorrentes já estejam a fornecer, tu podes criar esse serviço adicional. 

E vais assim criar mais valor para as pessoas que te seguem, sendo o nosso objetivo sempre fazer mais e/ou melhor do que aquilo que já existe.

Observa o que ainda não se está a fazer

Podes observar também aquilo que não se está ainda a fazer, e que tu gostavas que se tivesse a fazer. Encontrar aquelas falhas nos serviços que estão a ser fornecidos por outras pessoas no teu nicho de mercado, para que possas tu criar produtos ou serviços que vão responder a essas falhas.

Análise de Concorrência Ana Sofia Santana Tech With a Pointy Hat

Ter mais ideias para conteúdos e ofertas a criar

Esta observação, esta análise crítica também vai servir de combustível para teres mais ideias não só para conteúdos, mas também para produtos ou serviços, que poderias nem sequer ter pensado antes.

Observar os sites

Ao observar os sites da concorrência, do ponto de vista do design dos sites, podemos tirar ideias sobre aquilo que achamos que funciona, e aquilo que não funciona tão bem. Levamos depois essas observações para a altura em que estivermos a tratar do nosso próprio site.

Podes também começar a perceber de que forma os negócios online funcionam, e o que os outros estão a fazer que podes também fazer, do ponto de vista de estratégias. 

Obviamente vamos observar do lado de fora do negócio da outra pessoa, e nunca sabemos o que se passa nos bastidores, no entanto conseguimos de alguma forma perceber se determinada estratégia funciona ou não, e tentar replicá-la.

Conclusão

Obviamente que não te estou a dizer para tu ires copiar as coisas nos outros sites, isso nunca seria uma boa opção para ninguém! No entanto, podes dar o teu cunho pessoal aos conteúdos, e criar conteúdos teus dentro dos mesmos temas. Ou então dentro dos temas que tu identificas-te que estão em falha nos outros sites!

Desta forma vais construindo um banco de ideias, não só sobre aquilo que queres executar, e de que forma, mas também do que, para ti, não faz sentido, na tua visão do negócio.

Costumas observar os sites da tua concorrência? O que observas, e de que forma usas a informação?

Um website de sucesso não se consegue com planeamentos “em cima do joelho”. São muitas peças que têm que ser montadas, em que a parte visual é apenas uma (e não é a mais importante).

Nesta checklist mostro-te quais os elementos em que tens que pensar, ainda antes de pensar na tecnologia e no design to teu site, e que vão definir o sucesso do teu site, e do teu negócio!

Recebe esta checklist website sem stress, updates, ofertas e informações relevantes. Respeitamos a tua privacidade.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Insere o Teu Email para Reservares o Teu Lugar Grátis Agora:

ODEIO spam. O teu email está 100% seguro